Quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2011

# 2

a primeira merda que vaõ querer saber é  como eu fui parar na porcaria da caixa de comentarios do maradona, o que eu fazia antes de dizer as merdas, e todaa essa panasquice tipo david copperfield, mas a verdade é´que eu nao tenho uma biografia nem nada.

Eu aprendi o portugues com as putas em madri, em primeiro lugar. de 2003 para 2005 (segundo o ministerio do inteiror espanhol) o numero de putas brasileiras aumentou 80%, passando de 3.332 para 6.015. eu, para azar das ideias socialistas do carlos vidal, nao fodi todas elas. mas uma pequena boa parte, sim.

madri, todos nesta porra sabem melhor do que eu, é relativamente perto de lisboa (aproximadamente 620km). eu percorri a distancia entre essas merdas num daqueles carrinhos ingleses em companhia de uma puta, mas essa era arménia e nao brasileira. a coisa que ela mais gostava era do jacto de leite na laringe sem tirar a ponta do nabo das amigdalas. acabei largando-a em évora, porque nao era exatamente um tipo que deixasse a gente salivando o tempo todo

O mais peor às 05:53
link do post | comentar
8 comentários:
De Marquesinhos a 10 de Fevereiro de 2011 às 11:11
O mais interessante até agora, tendo em conta que há pouca coisa, é tentar descortinar o padrão que subjaz à escolha dos links à direita. Muito interessante, especialmente o contraste entre o segundo link e as palavras do mais peor.

Só um conselho, bem intencionado: um bocado de javardice pode ter piada, mas quando só se tem isso o projecto torna-se inevitavelmente cansativo. É essa a piada do maradona, a mistura do vernáculo com a densidade do texto. Ou seja, toda esta conversa de enrabares a malta e lhes foderes as mães poderá ter piada, se for uma entre muitas outras coisas. Caso contrário pareces apenas um atrasado mental com acesso à Internet.


De O mais peor a 10 de Fevereiro de 2011 às 16:47
piada? pensas que estou armado em comediante ou assim?
outra cosia, o padrao do maradona é inantingível, e não só para mim, mas pra todo o mundo (talvez o rogerio casanova possa lhe fazer frente e só)
esta merda vale o que vale, ou seja, pouca coisa
por isto enfias o teu conselho no cu e volte sempre


De Marquesinhos a 10 de Fevereiro de 2011 às 16:59
Moço, houve aqui qualquer coisa que foi lost in translation. Piada, o substantivo, é o mesmo que anedota, mas quando é usado como adjectivo tem um sentido mais vasto. Eu usei piada no sentido de ser interessante, dizendo-te que convém ter algo mais do que ser uma besta. Ser uma besta pode ser interessante, mas não chega.

Mas como já percebi que de facto não queres (não sabes) ser mais nada podes meter tu este blog no cu (e ir à merda também, já agora).

ciao


De O mais peor a 10 de Fevereiro de 2011 às 17:13
a merda eu vou e volto com muito gosto, mas tomar no cu é só contigo, panasca fila da puta


De falando por ninguém a 10 de Fevereiro de 2011 às 17:16
És mesmo um animal, pelo amor de Deus.


De olhem o que eu digo, a 10 de Fevereiro de 2011 às 17:24
por esta pequena amostra, o mais peor arrisca comaçar a ter um êxito viral


De Anónimo a 10 de Fevereiro de 2011 às 08:29
Não passas de um grunho. Quer que acreditemos que a tua grossura é uma espécie de superioridade?


De O mais peor a 10 de Fevereiro de 2011 às 08:36
nao sou grosso. o teu cu que é apertado. desculpa.


Comentar post